Primeiro de abril


Por que o dia primeiro de abril se tornou o dia da mentira?

Quanto ao 1º de abril ser o dia da mentira, o folclore, de procedência francesa, remonta ao ano de 1564. O ano-novo era comemorado no dia 25 de março, e a festa durava uma semana, terminando em 1º de abril. Quando o rei Carlos IX adotou o calendário gregoriano (assim chamado em homenagem a quem o instituiu, o papa Gregório XIII), o ano passou a começar no dia 1º de janeiro, no que foi imitado por vários países, que até então tinham outros calendários. Porém alguns franceses não gostaram da mudança e continuaram a comemorar o ano-novo na antiga data, o que foi motivo de chacota. Muitos gozadores começaram a enviar aos franceses apegados ao calendário anterior convites para festas inexistentes e presentes estranhos no dia 1º de abril, a fim de ridicularizá-los. Dai nasceu e se difundiu pelo mundo o costume de pregar peças nessa data.

Fonte: De onde vêm as palavras: Origens e curiosidades da língua portuguesa. Deonísio da Silva. 17ª edição revista e atualizada. Rio de Janeiro: Lexikon, 2014.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s